Rio ganha Observatório dos Negócios de Impacto Social e Ambiental com mais de 350 empreendimentos mapeados

Publicado em 28/03/2024
Card image cap

Mais de 350 negócios de impacto social e ambiental (NIS) e 53 dinamizadoras que atuam no estado do Rio de Janeiro agora estão no Mapa que pode ser visitado no site do Rio de Impacto ( www.riodeimpacto.com.br ). Após dois anos de intenso trabalho, foi lançado na última quarta-feira, dia 27 de março, na Casa da Inovação da PUC-Rio, o Observatório dos Negócios de Impacto Social e Ambiental do Estado do Rio, um hub que conecta agentes responsáveis por empresas de impacto social e as instituições que apoiam essas iniciativas. O projeto é uma inciativa do ITESS/CEFET-RJ e do Rio de Impacto com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) em parceria com o Observatório de Inovação Social de Florianópolis (OBISF).

No evento a diretora do Observatório NIS, Inessa Salomão apresentou cada detalhe do projeto. Ela destacou que este é um projeto de pesquisa e extensão que se transformou em um legado para o Estado do Rio em termos de política pública. “Eu, assim como toda a equipe do Observatório do Projeto Hub de Conexão, estou muito feliz com o resultado. O Rio de Impacto é o projeto com o apoio da Faperj. Entregamos realmente a plataforma que o ecossistema precisava para dar visibilidade a esses empreendedores. Os próximos passos envolvem convidar as dinamizadoras e os negócios de impacto socioambiental a entrarem, conhecerem a plataforma, verem se já estão cadastrados e divulgarem em suas redes. Caso não estejam lá ainda, basta inserirem seus dados no mapeamento, clicando em cadastro”, explica Inessa.

O assessor da Diretoria de Tecnologia da Federação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), Marcelo Corenza, que representou o presidente da entidade, Jerson Lima, ficou muito feliz com tudo que foi apresentado. “Formidável! Acho que é a melhor palavra. Primeiro porque gera uma concentração de dados numa única plataforma, um local onde nós, como representantes do governo do Estado, podemos buscar uma informação que está consolidada, organizada, para poder nos ajudar a formular os nossos editais, atender as demandas e as políticas públicas que estão postas. Mas ao mesmo tempo, é uma plataforma onde temos visibilidade do retorno desse investimento que a Faperj faz”, reflete.

Participaram do lançamento o assessor de inovação da Coordenação Central de Parcerias e Inovação (CCPIN) da PUC-Rio, Gustavo Robichez de Carvalho, anfitrião do evento, a coordenadora do Rio de Impacto, Geiza Rocha, o diretor-geral do Centro Federal do CEFET-RJ, Maurício Saldanha Motta, a analista da Gerência de Empreendedorismo Social do SEBRE-RJ, Juliana Oliveira, o diretor de Novas Economias da Secretaria de Economia Verde, Descarbonização e Bioindústria do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e Serviços (MDIC), Lucas Ramalho, e a coordenadora do Observatório de Inovação Social de Florianópolis, Carolina Andion.

Após as palestras, empreendedores, dinamizadoras e professores que atuam no ecossistema puderam refletir sobre o dia seguinte, com a plataforma no ar. “Já temos a plataforma. E a sua riqueza e efetividade vai depender do entendimento de cada um sobre a importância de mantê-la viva. Há muitos empreendedores e dinamizadoras nesse ecossistema. É através dessa divulgação que a iniciativa vai chegar até eles”, analisa a coordenadora do Movimento Rio de Impacto, uma rede de apoio aos NIS do Estado do Rio de Janeiro. Criado em 2016, reúne organizações intermediárias do Estado do Rio de Janeiro que facilitam e fomentam políticas de apoio aos NIS, conectam e apoiam a aproximação entre os protagonistas do ecossistema de impacto.

O evento foi exibido ao vivo pela Plataforma Ecoa, da PUC-Rio. Para assistir ao evento, clique no link: https://bit.ly/ObservatórioNISRJ

O que são Negócios de Impacto Social e Ambiental

Segundo Lei Nº 8.571, de 16 de outubro de 2019, que institui a política estadual do Estado do Rio de investimentos e negócios de impacto social:

"Os empreendimentos que visam a gerar impactos socioambientais deverão atuar na promoção do bem-estar da comunidade em que atuam em âmbito local e estadual, nas áreas de defesa do meio-ambiente; do consumidor e da livre - concorrência; bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico e da ordem urbanística; interesses difusos ou coletivos; honra, igualdade de gênero e dignidade de minorias; patrimônio público e social; interesses dos seus trabalhadores e fornecedores, devendo observar regras específicas de transparência e governança, nos termos desta lei.”

Sobre o Observatório dos Negócios de Impacto Social e Ambiental

O Observatório dos Negócios de Impacto Social e Ambiental do Estado do Rio de Janeiro é um programa de apoio a projetos de Empreendedorismo de Impacto Socioambiental (EIS) a partir da visibilidade desses negócios através do site www.riodeimpacto.com.br.

Iniciativa do ITESS/CEFET-RJ e do Rio de Impacto com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) e parceria com o Observatório de Inovação Social de Florianópolis (OBISF), a plataforma do observatório tem como foco ser um hub que conecta agentes responsáveis por iniciativas de impacto social e as instituições que apoiam essas iniciativas.

<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Tags

rio de impacto negócios de impacto socioambiental aceleração ecossistema de impacto impacto socioambiental negócios de impacto negócio socioambiental Empreendedorismo empreendedorismo social formação empreendedora terceiro setor NIS ONGs capacitação profissional Cursos negócios de impacto social impacto social positivo riodeimpacto empreendedorismo de impacto startup de impacto desenvolvimento sustentável economia de impacto inclusão produtiva tecnologia e inovação investimento de impacto ODS startups inclusão social biodiversidade mudanças climáticas economia criativa sustentabilidade empreendedoras mentoria Sebrae Rio sustentabilidade ambiental projetos de impacto empreendedores de impacto ciência e tecnologia aceleração social pequenos negócios economia circular impactosocial mulheres empreendedoras educação profissional impacto socioambiental positivo responsabilidade social finanças sustentáveis Startups Brasil PUC-Rio educação empreendedora 5CNCTI ecossistema de inovação ESG soluções inovadoras inovação inovação social mobilidade urbana programa de aceleração impacto social Asplande capacitação empreendedora podcast Oi Futuro lideres empreendedores impacto ambiental positivo negócio inovador negócio social transformação social CiênciaeTecnologia captação de recursos iniciativas de impacto Economia Verde projetos de pesquisa Cidades Inteligentes Desenvolvimento Social e Sociocultural mulher empreendedora 8 de março dia da mulher organizações de impacto negócios sustentáveis impacto ambiental Shell Iniciativa Jovem Jovem Empreendedor aceleração de negócios organizações sociais OSCs organizações não governamentais Inteligência Artificial habilidades digitais empoderamento feminino sustentabilidade financeira socioambiental gestão de contratos periferia empreendedorismo feminino Estratégia Calendário Formação projetos de impactos socioambientais investimento de impacto socioambiental programa de inovação modelo de negócio germinação impactoambiental educaçãoempreendedora empreendedorsocial mulherempreendedora empreendedorismofeminino mulheresdenegócio capacitaçãoprofissional inclusãosocial projetosocial responsabilidadesocial empregabilidade tag nova impacto positivo captação incubadora enimpacto meio sustentavel soluções socioambientais startups de impacto mentorias capacitações incentivo financeiro maratona de impacto futuro sustentável mudança social inovação tecnológica meio ambiente organizações sem fins lucrativos empresas inovadoras promoção da saúde investimento responsável MudançaClimática ONU Brasil dia internacional da mulher serviço público organização da sociedade civil OSC projetos sociais Yunus Negócios Sociais CIEDS projetos de inovação negócios inovadores expansão de impacto Sebrae Startups Objetivos de Desenvolvimento Sustentável projetos sociais e ambientais OCS Instituto Ekloos oportunidades de negócios rodadas de negócios pequenas empresas empreendedorismo nas favelas